terça-feira, 15 de novembro de 2011

Mel de Tiúba Florada Mirim


Olá Amigos!

Para os que já conhecem e para aqueles interessados em experimentar o delicioso mel de tiúba da florada mirim é só entrar em contato pelo email: solrac.alencar.23@hotmail.com ou pelos fones:(98) 32483974/ 87210403(Oi)/ 81551752(Tim)/ 84428932(Claro)/ 91648149(Vivo).






quinta-feira, 31 de março de 2011

Série Curiosidades

Abelhas ajudam a monitorar qualidade
do ar de aeroportos alemães


A qualidade do ar em volta de aeroportos alemães está sendo monitorada com a ajuda de abelhas, cujo mel é testado regulamente para checar a existência de toxinas.

O uso devesses insetos no monitoramento da situação ambiental em torno de aeroportos é recente, mas os insetos já foram usados com sucesso por algum tempo para acompanhar a qualidade da água em alguns lugares.

O mel produzido nos aeroportos é testado em laboratório duas vezes por ano para verificar a existência de metais pesados e de hidrocarbonetos e é comparável ao produzido no campo.

Volker Liebig, um químico da Orga Lab, empresa que testa as amostras, disse que apesar de ainda serem necessários mais dados por um período maior para que os resultados sejam conclusivos, os resultados preliminares pareceram promissores.

Peter Nengelken, funcionário de relações com a comunidade do aeroporto internacional de Düsseldorf, disse que o primeiro lote de mel deste ano, colhido em junho de 200 mil abelhas do aeroporto, testado por sua equipe continha níveis de toxinas bem abaixo dos limites recomendados, semelhante ao produzido na zona rural.

A poluição presente nos aeroportos é causada por vários fatores, como aviões, carros, ônibus e fábricas, que geralmente ficam na vizinhança. Em todo o mundo, as exigências rigorosas de monitoramento da Organização Mundial de Aviação Civil, um órgão da ONU, levou a uma redução significativa no nível de poluição dos principais aeroportos.

A redução da poluição foi alcançada graças ao desenvolvimento de motores de aviões e de veículos de apoio terrestre mais limpos, e a avanços nos procedimentos de operação dos equipamentos. Mesmo assim, algumas comunidades continuam preocupadas , principalmente com os níveis de chumbo e a presença de partículas ultra finas liberadas por aviões, carros e caminhões.

Na Alemanha, funcionários de aeroportos veem as abelhas como um jeito simples para demonstrar ao público que os aeroportos estão muito mais limpos e seguros do que antes.

Embora os efeitos das partículas ultra finas sobre a saúde sejam desconhecidos, algumas pesquisas sugerem que elas possam representar um risco porque são finas o suficiente para passar por meio das paredes das células e penetrar no cérebro e em outros órgãos.

Emissões de partículas ultra finas não são reguladas nos EUA, mas existem limites para as emissões de veículos na Europa.
As abelhas do aeroporto de Düsseldorf são mantidas por apicultores locais, e o mel é engarrafado e doado.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Prefeitura de Matureia-PB dando exemplo de incentivo

18 de Março de 2009 Renata Dantas

Prefeito Discute Viabilidade do Cultivo de Abelhas Sem Ferrão

Abelha sem ferrão que produz mel sem impurezas. Esse é o perfil de duas espécies de abelhas encontradas no Parque Ambiental Pico do Jabre que reforçam a riqueza e o potencial da fauna local.Para que os criadores desfrutem de todas essas vantagens sem causar danos aomeio ambiente o prefeito do município, Daniel Dantas, pretende contratar em breve um especialista paraministrar cursos no município.

A idéia surgiu durante uma visita ao Meliponário do Viveiro Municipal de João Pessoa e após contatos com o coordenador Jerônimo Vilas Boas que ministra cursos aos apicultores locais. A abelha sem ferrão tem um grande potencial produtivo e muitas vantagens que facilitam a produção do mel limpo. Esse tipo de, abelha é meiga e de fácil manejo. Por isso, dispensa o uso de roupas e equipamentos de proteção tais como macacão, mascaras e fumegadores, reduzindo os custos de sua criação.

No Brasil, segundo especialistas, existem aproximadamentemais de 200 espécies de abelhas sem ferrão. As que produzem mais mel são as espécies do gênero Melipona, conhecidas popularmente como mandaçaia (nome científico, Meliponaquadrifasciata), jandaíra nordestina (Melipona subnitida), uruçu-cinzaou uruçu-cinzenta (Melipona fasciculata), uruçu-amarela (Meliponarufiventris), uruçu-do-Nordeste (Melipona scutellaris), entre outras. No Parque Ambiental do Pico do Jabre em Matureia as mais conhecidas são: uruçu e jandaíra, mas o projeto de criação de abelhas só trabalha com abelhas com ferrão.

Fonte: http://www.matureia.pb.gov.br/index.php?categoryid=5&p2_articleid=28

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Tiúba na matéria do Domingo Espetacular-Record

Olá amigos!

Um trechinho para vocês da matéria do programa Domingo Espetacular da rede Record sobre as belezas e mistérios do lençóis maranhenses, na qual temos como participantes as ilustres tiúbas.

O repórter teve o prazer de degustar o mel direto da colônia e constatar a delícia sem comparação que é o mel da tiúba, curtam:

video


Abraço!

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Abelhas produzem mel no prédio da Prefeitura



A criação de abelhas sem ferrão para a produção de mel já é uma realidade para os agricultores familiares de Vale do Sol. O Centro de Apoio ao Pequeno Agricultor (Capa), através do engenheiro agrônomo Luiz Rogério Boemeke, levou ao município a espécie Tetragonisca angustula, que tem o nome popular de Jataí. Segundo ele, a atividade possibilita a diversificação e pode ser integrada a plantios florestais, de frutas e de culturas alimentares, além de contribuir com o aumento da produção agrícola. “A abelha é encontrada em todo o Brasil. Os enxames têm, em média, até cinco mil indivíduos, que constroem seu ninho em muros de pedra, alicerces e árvores em geral”, explica. O mel dessa espécie é um dos mais apreciados entre todas as abelhas sem ferrão.

As abelhas Jataí podem produzir até 2 quilos de mel por ano. Conforme o agrônomo, elas fazem a coleta de pólen e néctar em flora diversificada, o que é de grande importância para a produção de frutos e sementes. “Em Vale do Sol já temos vários criadores que têm se interessado pelas abelhas nativas.” Essa espécie não oferece perigo e o manejo não exige força física e pode ser executado por toda a família.
Boemeke instalou duas caixas de abelhas Jataí na sacada da Prefeitura de Vale do Sol para demonstração e divulgação. Na semana passada, foram retirados 1,5 quilo de mel das caixas. “Se o clima continuar como está, fazendo calor, as Jataís devem produzir ainda mais mel.”

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

É Gripe?! O Mel é o melhor remédio!

Mel é eficiente contra os efeitos da gripe e resfriado

Além de adoçar, o mel pode ajudar a tratar muitas doenças, como gripe, asma, amigdalite e bronquite. Delicioso, o mel ainda auxilia em problemas de circulação e dos músculos. Mas atenção, crianças de até 1 ano não podem ingerir mel. Diabéticos, gestantes e lactantes devem tomá-lo sob prescrição médica.

Rico em elementos nutritivos, o mel deve constar na dieta de todos, principalmente na de quem sofre de estresse e cansaço. Contém água, glicose, sacarose, potássio, ferro, sódio, enxofre, cloro, cálcio, magnésio, fósforo, zinco, vitaminas do complexo B, vitaminas A, E, C e substâncias que agem como antibióticos naturais.

O mel ajuda a desintoxicar e favorece a digestão, sem sobrecarregar o organismo, podendo ser usado na combinação com frutas, leite, iogurte, pães e biscoitos. É um dos melhores e mais eficientes contra os efeitos da gripe e resfriados. É também um ótimo complemento alimentar.

Tudo isso é inerente a qualquer tipo de florada. Todo mel de abelhas puro contém todos esses nutrientes, independente de ser assa-peixe ou silvestre.

O Mel é reconhecido há séculos por propriedades terapêuticas. Um estudo realizado por pesquisadores americanos sugere que o mel é o melhor remédio para tosse.
Cientistas da Universidade Estadual da Pennsylvania dizem que componentes encontrados no líquido viscoso e açucarado, reconhecido há séculos por suas propriedades terapêuticas, matam micróbios e atuam como antioxidantes.

O estudo, publicado na revista especializada Archives of Paediatric and Adolescent Medicine, analisou 105 crianças entre 2 e 18 anos com tosse forte e freqüente durante a noite.

Os participantes foram divididos em três grupos. As crianças do primeiro grupo tomaram uma colher de mel, as do segundo, uma de xarope industrializado à base de dextrometorfano (DM) – substância encontrada em vários xaropes existentes no mercado -, e, o terceiro, um medicamento placebo.

Questionamento

Todas as doses foram administradas pelos pais 30 minutos antes de as crianças irem para a cama.

Os cientistas observaram que as crianças que haviam tomado o mel apresentaram uma melhora significativa na tosse noturna.

Um alívio dos sintomas também foi verificado no segundo grupo, porém não tão expressivo quanto no primeiro. As crianças que haviam tomado o placebo não apresentaram melhoras.

Ian Paul, professor de pediatria e líder do estudo, disse que a pesquisa vem se somar “à crescente literatura médica que questiona o uso de xarope à base de DM em crianças”.

“Outros estudos serão necessários, mas esperamos que os profissionais da área de saúde passem a considerar mais o mel como uma alternativa segura, legítima e mais barata para o tratamento da tosse infantil”, disse Paul.

Benefícios:

CIPÓ-UVA
Atua como expectorante, desintoxicante e laxante. Ainda possui uma propriedade que ajuda na limpeza do fígado.

COM PRÓPOLIS E AGRIÃO
É descongestionante, anti-inflamatório e diurético. Também ajuda a limpar o sangue e melhora a circulação.

EUCALIPTO
Como é expectorante e tem ação bactericida nas vias aéreas, funciona para o tratamento de casos de tosse e bronquite.

COM PRÓPOLIS
Une a propriedade bactericida do mel com o efeito antibiótico da própolis. Indicado para quem tem problemas nas vias respiratórias.

COM PRÓPOLIS E EUCALIPTO
Combate a gripe e ajuda a cuidar dos brônquios. Ainda conta com propriedades anti-inflamatórias.

DE LARANJEIRA
Considerada uma das versões mais saborosas, é calmante, regula o intestino e ainda previne cãibras e distensões musculares.

COM GUACO E PRÓPOLIS
Graças ao guaco, que facilita a eliminação da secreção com a tosse, é broncodilatador, antiasmático e expectorante.

COM PRÓPOLIS E POEJO
Ideal para combater problemas respiratórios, também auxilia na revitalização do organismo.

SILVESTRE
A versão mais clara deve ser tomada por crianças e idosos. Já a mais escura é ótimo laxante, tônico energético e estimulante da imunidade.

COM PRÓPOLIS E LIMÃO-CRAVO
Indicado principalmente em casos de gripes e resfriados, justamente por ser rico em vitamina C.

COM PRÓPOLIS E LÓTUS
Dilatador dos brônquios e expectorante, é indicado para portadores de asma, bronquite e amigdalite.
Fontes:


Fontes:http://correiodobrasil.com.br/mel-e-eficiente-contra-os-efeitos-da-gripe-e-resfriado/153705/ http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2007/12/071204_melxarope_fp.shtml
 
© 2009 Meliponário Alencar. All Rights Reserved | Powered by Blogger
Design by psdvibe | Bloggerized By LawnyDesignz Distribuído por Templates